Barra de vídeo

Loading...

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Existência Ampliada


O psicólogo junguiano James Hollis diz que Uma existência ampliada é o que somos chamados a trazer a este mundo; nossa missão é contribuir com nossa sociedade e nossas famílias, e partilhar com os outros. Sua sugestão é bem diferente da mesmice e da massificação que muita gente prefere: seguir a correnteza! Para isso não precisa muito esforço e ainda tem o aval da maioria. No entanto, a onde se pretende chegar? Existe uma meta? Ou se anda em círculo?
No meu entendimento atual, existência ampliada pode ser:


*     superação de hábitos nocivos
*     mudar de reativo para proativo
*     educar a impulsividade e treinar o discernimento
*     vencer a grosseria e se tornar simpático
*     sair da toca e se tornar sociável
*     derrotar o pessimismo doentio e adotar o otimismo saudável
*     afastar-se da dependência e caminhar para a interdependência
*     compreender que a vida é maior do que as provas – não confundir meios com os fins
*     ultrapassar o individualismo egoísta e praticar a solidariedade fraterna
*     libertar-se da fantasia do materialismo e conquistar a convicção da imortalidade


A existência ampliada é ir além da socialização alienante que mede o valor das pessoas pela beleza, pelo dinheiro, pelo poder, etc., como se fossem mercadorias com tempo de validade. Vamos pegar o melhor da sociedade, o legado dos grandes luminares que deixaram seus esforços e achados em forma de ciência, arte, filosofia, conduta moral... Por nossa vez, vamos dar o melhor aos nossos amigos, familiares e à sociedade nos tornando homens novos:


*     altruístas
*     autênticos
*     autoconfiantes
*     autoestima elevada
*     autoimagem coerente
*     éticos
*     honestos
*     otimistas
*     solidários


Rompendo com o homem velho:

*     dissimulado
*     egocêntrico
*     egoísta
*     inseguro
*     medroso
*     neurótico
*     rabugento
*     vítima


Você está disposto a escolher a vida ampliada ou vai seguir a opção dos outros?

Nenhum comentário:

Postar um comentário